ABAS

IAH

Você está em: HOME > Notícias

Notícias

Atlas de águas subterrâneas de Sergipe disponível online

Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Água, a Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE) disponibiliza a versão online atualizada do livro 'Atlas de Qualidade da Água Subterrânea no Estado de Sergipe com Fins de Irrigação'.

Lançado originalmente em 2008 em formato digital e no ano seguinte em livro impresso, o atlas foi elaborado pela Embrapa Tabuleiros Costeiros em parceria com a Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), vinculada à Secretaria de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Agrário (Seagri), e com a Superintendência de Recursos Hídricos (SRH), órgão vinculado à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).Tendo como autores os pesquisadores da Embrapa, Ronaldo Resende, Marcus Cruz e Julio Amorim, especialistas em recursos hídricos, a publicação se constitui em um banco de dados georreferenciado, com base em um SIG (Sistema de Informações Georreferenciadas), sobre a qualidade das águas subterrâneas no Estado de Sergipe.

O atlas contém mapas temáticos apresentando a distribuição espacial de parâmetros de qualidade e quantidade de água para uso na irrigação, bem como de mapas classificados de restrições de uso da água, segundo as diretrizes recomendadas pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e a Alimentação (FAO).

Reserva valiosa

Para os autores, a água subterrânea é atualmente a reserva hídrica mais valiosa do planeta, diante dos impactos ambientais característicos dos mananciais superficiais, que limitam os seus usos múltiplos. No entanto, a importância desse recurso requer uma preocupação com a gestão da sua exploração, principalmente no que se refere às vazões explotadas e à qualidade das águas utilizadas. Em Sergipe, estado situado na região denominada de Polígono das Secas, a irrigação de culturas é um dos diversos usos dados à água subterrânea.

A ideia é que o Atlas sirva como ferramenta de auxílio ao processo de gestão das águas em bacias hidrográficas no Estado por parte dos órgãos governamentais, bem como uma contribuição para a busca do desenvolvimento sustentável das atividades agrícolas irrigadas para profissionais do setor e produtores rurais, além de fonte de estudo para pesquisadores, professores e estudantes

Foram utilizados na elaboração do Atlas dados de 1200 poços tubulares, reunidos e consistidos a partir das bases de dados da Cohidro e da SRH. Estão reunidas no livro informações como coordenadas geográficas dos poços; limites das bacias hidrográficas principais; limites municipais; unidades aquíferas principais; variáveis de qualidade da água subterrânea (amônia, bicarbonato, cálcio, cloreto, condutividade elétrica, dureza, ferro total, magnésio, ph, sólidos dissolvidos totais, sódio e sulfato); variáveis de quantidade da água subterrânea (vazão, profundidade, nível estático e nível dinâmico dos poços; mapas de distribuição espacial das variáveis de qualidade avaliadas; mapas de distribuição espacial das variáveis quantitativas avaliadas; mapas de regiões com restrição de uso das águas subterrâneas para irrigação de culturas.

Os pesquisadores responsáveis pela publicação acreditam que o papel do gestor dos recursos hídricos concentra-se na tomada de decisão sobre prioridades de uso da água e adequação das suas características físicas, químicas e biológicas aos diversos usos outorgados. Esse processo demanda um conhecimento espacializado de parâmetros qualitativos e quantitativos relacionados à água que permitam ao decisor determinar usos e distribuir investimentos.

Para acessar a versão em PDF do 'Atlas de Qualidade da Água Subterrânea no Estado de Sergipe com Fins de Irrigação', clique aqui.

Texto: Saulo Coelho - Jornalista (MTb/SE 1065)
Embrapa Tabuleiros Costeiros (Aracaju, SE)
(79) 4009-1381 / cpatc.comunica@embrapa.br
www.cpatc.embrapa.br



Notícia publicada em 20/03/2013.








Copyright © - ABAS - Associação Brasileira de Águas Subterrâneas