ABAS

IAH

Você está em: HOME > Notícias

Notícias

ANA contrata estudo para proteção do Aquífero Guarani

Trabalho deverá propor estratégias de uso e proteção das águas do Sistema Aquífero Guarani

A Agência Nacional de Águas (ANA) está com um edital aberto para contratação do "Estudo da Vulnerabilidade Natural à Contaminação e Estratégias de Proteção do Sistema Aquífero Guarani nas Áreas de Afloramento", cuja duração prevista é de dois anos. Até 2 de agosto, as empresas interessadas que atenderem a todas as exigências do edital poderão enviar suas propostas para a ANA para participar da licitação na modalidade de concorrência. O estudo tem o objetivo de avaliar regionalmente a vulnerabilidade do Sistema Aquífero Guarani (SAG) à contaminação, estabelecendo uma base técnica para o planejamento das ações e medidas de proteção e controle das águas subterrâneas.

O trabalho será uma referência de apoio a decisões dos órgãos estaduais gestores dos recursos hídricos subterrâneos que fazem parte do SAG. O estudo abrange as áreas de afloramento do Sistema Aquífero Guarani, regiões onde o aquífero aparece à superfície do terreno, as quais ocupam 87.400km² do território brasileiro, o que equivale aproximadamente à soma dos estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Tais áreas englobam parte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. O SAG como um todo também abrange parcialmente Argentina, Paraguai e Uruguai.

No que diz respeito à avaliação da contaminação das águas subterrâneas, o trabalho prevê um cadastro e um mapa de fontes potenciais de poluição, além de mapas de uso e ocupação do solo e de perigo de contaminação. O estudo também deve propor estratégias de uso e proteção das águas do Sistema Aquífero Guarani. Nas áreas de maior vulnerabilidade e perigo de contaminação, deverão ser propostas áreas de proteção de aquíferos e perímetros de proteção de poços de abastecimento, visando à proteção da qualidade das águas subterrâneas.

Para execução do Estudo da Vulnerabilidade Natural à Contaminação e Estratégias de Proteção do Sistema Aquífero Guarani nas Áreas de Afloramento deverão ser produzidos mapeamentos geológico e hidrogeológico em escala 1:250.000. Além disso, o trabalho fará um cadastro de poços nessas regiões e elegerá uma rede de poços para medições quantitativas e qualitativas da água.

ANA e as águas subterrâneas

O Estudo da Vulnerabilidade Natural à Contaminação e Estratégias de Proteção do Sistema Aquífero Guarani nas Áreas de Afloramento está no contexto da Agenda de Águas Subterrâneas da ANA, cujo foco é fortalecer a implementação da gestão integrada de recursos hídricos superficiais e subterrâneos e representa parte das atividades da Agência no que diz respeito ao Programa Nacional de Águas Subterrâneas (PNAS) do Plano Nacional de Recursos Hídricos (PNRH). Esse estudo está previsto no Programa Estratégico de Ação (PEA), aprovado no âmbito do Projeto de Proteção Ambiental e Desenvolvimento Sustentável do Sistema Aquífero Guarani (PSAG), finalizado em 2010.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social (Ascom) da Agência Nacional de Águas



Notícia publicada em 30/06/2011.








Copyright © - ABAS - Associação Brasileira de Águas Subterrâneas