ABAS

IAH

Você está em: HOME > Notícias

ABAS News

Seminário discute exploração de águas subterrâneas em MS

No segundo dia de evento, 29, o V Seminário Internacional de Direito, Águas, Energia e Aquecimento Global e seus impactos na Agricultura, que é realizado na Assembleia Legislativa em Campo Grande, discutiu hoje a exploração de águas subterrâneas pelas mineradoras, e a possibilidade de implantação do projeto em Mato Grosso do Sul. A proposta, que já é adotada em alguns estados, tem como referência o trabalho desenvolvido em Minas Gerais.

Palestrante do assunto, Antonio Carlos Betachini, presidente da empresa Hidrogel Serviços de Hidreologia, explicou que a exploração de águas subterrâneas por mineradoras não representa uma ameaça aos recursos hídricos.

Segundo ele, a maior ameaça vem da agricultura, pela utilização dos adubos que elevam o nível de nitrato. Desta maneira, a proposta não traria ameaças para o Aquífero Guarani, se fosse desenvolvida em MS.

Outro exemplo aplicado em Minas Gerais e discutido no seminário foi a campanha de regularização do uso da água, exposta pela diretora de monitoramento e fiscalização ambiental do Igam (Instituto Mineiro de Gestão das Águas).

Naquele estado, o trabalho teve como objetivo informar e facilitar o acesso aos meios de regularização do uso da água, e levantar informações sobre a utilização dos recursos hídricos.

Preservação - Presente na discussão, o presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul, Hildebrando Campestrini, destacou a importância de catalogar os cursos d´água do Estado.

De acordo com Hildebrando, não há nenhum acervo que reúna essas informações hídricas de MS, e a realização de um ‘mapa hidrográfico’ é fundamental para o embasamento de todo e qualquer projeto relacionado ao assunto.

Fonte: Campo Grande News



Notícia publicada em 30/10/2009.








Copyright © - ABAS - Associação Brasileira de Águas Subterrâneas